sexta-feira, 18 de maio de 2007

Entrega



Cansada. Estou cansada de viver assim, pela metade. Eu que sempre vivi por inteiro, hoje estou vivendo pela metade. Não porque eu quero, mas a vida fez assim, e só eu, unicamente eu posso mudar isso. E é o que pretendo fazer.

Hoje, eu percebi que quanto mais eu queria ajudar as pessoas, menos eu estava me ajudando, e agora sinto que não tem ninguém para me ajudar. Estou sozinha. De tanto pensar só nas outras pessoas, eu esqueci de pensar em mim. E isso, é o que mais me dói, porque, quando a gente esquece da gente, tudo fica mais triste, mais escuro, mais vazio.

Cansei de me dar para todo mundo com a maior intensidade, e não receber quase nada, ou muitas vezes nada. Não que eu faça as coisas querendo receber algo em troca, mas o mínimo que a gente espera é um pouco de carinho e respeito. Isso é que me faz mais falta. Do calor humano, da intensidade com que as pessoas vivem, do se entregar sem ter medo do que possa acontecer. As pessoas têm medo da entrega, porque tem medo das conseqüências que elas possam ter. Mas, elas esquecem de pensar que muitas vezes a entrega é necessária, como o ar e a água. Que não se entregar é uma bobagem, porque, pode estar aí, nesse momento o que pode mudar a sua vida. Existem mil formas para nos entregarmos: um olhar de alguém que gostamos quando mais precisamos de ajuda; um simples gesto de carinho e atenção quando achamos que tudo esta perdido; ou um simples bom dia para alguém que você nunca viu na vida, mas que esse bom dia irá mudar o dia dela.

Pra mim, entrega é isso, é se doar sem medo do que possa acontecer, é tentar achar aqueles segundos de felicidade que muitos procuram, mas poucos acham por pensarem que isso não existe. Entrega é sempre somar reações, sentimentos, emoções, tudo isso, mesmo que muitas vezes sejam tristes, mas que depois você irá pensar que pelo menos você tentou, lutou e se entregou ate o fim, viveu tudo como queria e com a intensidade como se deve viver.

Quem não se entrega não vive, não sente, não ama, não tem os segundos da felicidade.

Quem não se entrega é porque já morreu...

8 comentários:

Gordóvski disse...

Nossa Tikita, muito bom o seu texto...de uma sensibilidade muito forte...
Falei p vc q tem q eskrever e komeçar soltar seus textos...vi q vc tbm tem kapacidade d sobra...uma vez a Lidi falou p eueskrever pq sempre tem pessoas q irão precisar d minha eskrita, pq as vezes eh akilo q ela precisa...faço das palavras dela a minha, pq pode ser importante p alguem...por exexmplo li e serviu p mim...pois eh assim q eu penso tbm no momento...

Kontinue eskrevendo pq vc eh uma pessoa especial...

Bjos Te amo!!!

Halina Yamamoto disse...

Tikita, Muito bom seu texto, que mais me parece um poema! Também penso assim,e espero que esse seja o momento de vc refletir seus medos, suas angústias, enfim sua vida. As vezes precisamos ser corajosas e enfrentar de frente as pessoas e a vida, que nem sempre é um mar de rosas. Sabe que apesar da distância, eu te considero demais! E pode contar comigo pra tudo! Sempre estou disposta a te ouvir! Beijos, Halina

Anônimo disse...

Quando eu leio esse tipo de coisa eu fico a me perguntar " porque que agente é assim "
Vejo que somos realmente todos iguais e que todo mundo sente o mesmo tipo de sentimento, mas o problema eh que uns mostram de um lado e outros de outro. Alguns fantasiam com baladas, outros com uma roda de samba, uns com um copo dagua e outros com vinho.

Te amo meninona!

Bandit.

Natachy disse...

Duda! Estava precisando desabafar, hein? Escreveu muito bem, estou orgulhosa por vc! Muito.
Olha, te digo uma coisa minha amiga. Se vc sente isso mesmo que disse, então trate de agir da mesma forma. Não adianta sentir isso tudo, pensar, pensar....e fazer a mesma coisa td dia. Seguinte, ou vc mostra que quer doação imediata, irrestrita, real, organizada e escancarada, ou vai continuar a sentir falta da metade que falta.
Isso é p/ td na vida. Esse posicionamento tem que ser constante, para todos e sem abrir exceções. Nada sobre um assunto específico...rs
Ah, vc me entendeu.
PS.: É apenas o meu modo de ver algumas coisas, claro. O lado de fora, que é sempre mais fácil...rs
Bj.

Rubão disse...

E ai Minha querida

Curti muito o teu texto, porque tu falou o que eu penso e como muitas vezes tento agir, e sei que é uma droga não ter essa resposta, mais vamo continua nosso caminho.
E só pra tu saber, nem conheço você pessoalmente mais te acho demais.

Beijão

Rodrigo disse...

Querida,

Gostei da escrita, mas para ser sincero, não gosto quando alguém escreve algo do tipo.
A escrita com dor não deveria existir, eu sei isso pq já escrevi muitas coisas e sei que não é legal, normalmente estamos tristes.
Não consigo dizer: Nossa, que texto legal, pq sei que não é, não digo isso estéticamente, falo de sua intensidade melancólica, sei que existe um ar de esperança e tal, mas só consigo ver dor.

Evite polarizar suas energias neste tipo de escrita, nos pensamentos frios, amargurados, você sabe que é capaz de escrever coisas mais alegres...pratique e pense na frase que está em seu próprio texto.

"(...)Entrega é sempre somar reações, sentimentos, emoções, tudo isso, mesmo que muitas vezes sejam tristes, mas que depois você irá pensar que pelo menos você tentou, lutou e se entregou ate o fim, viveu tudo como queria e com a intensidade como se deve viver."

Não entenda isso como uma crítica negativa, muito pelo contrário, desejo que você seja uma pessoa vitoriosa, você só precisa perder seus medos, e para isso é necessário enfrentá-los...

Besos

Rafaela disse...

Tiks!!!! Adorei!!!

Sempre quando escrevemos algo sobre nossos sentimentos e, ainda mais quando há a intenção de expor o texto para alguém e tal... tem aquela preocupação de "será que o texto está bom?"... mas muito mais valioso que isso é a capacidade de organizar nossos sentimentos em palavras e assim, muitas vezes, refletir mais claramente sobre determinado assunto.
Concordo com o que todos falaram aí em cima:foi sincero, vc mandou muito bem, adorei o texto!
bjos!

Ewerton disse...

Não creio que a frieza de terceiros deva fazer vc deixar de BRILHAR... o mundo precisa de pessoas assim, cheias de intensidade... cheias de "EUACREDITO"... não perca isso em você.
Ainda não pude conhecê-la pessoalmente, mas é isso que vc tem que mais me chama atenção.